Tire suas Dúvidas

1. Qual critério devo usar na escolha dos instrumentos?

Existem três "categorias" de instrumentos: os harmônicos, os melódicos e os de percussão. Os instrumentos harmônicos são aqueles em que se tocam várias notas ao mesmo tempo (piano, teclado, violão), os melódicos, só se executa uma nota por vez (violino, canto, flauta, violoncelo, saxofone, trompete) e os de percussão são aqueles que marcam o ritmo (batida) da música (caixa, bumbo, pratos, sinos, etc.). O ideal é que a escolha se parta de um harmônico e um melódico.



2. Eu gosto muito de saxofone e violino. É uma boa combinação?
O saxofone é um instrumento de sopro de grande presença que geralmente dispensa amplificação; diferente do violino. Como são ambos melódicos e de características diferentes, eles dificilmente farão uma música juntos.



3. Eu gostaria de Clarins para a entrada da noiva.
Inicialmente gostaria de explicar que quem toca clarim é inicialmente trompetista, por isso o nome correto do Clarim é Trompete Triunfal que uma extensão do trompete comum. Quanto a resposta: com certeza é uma boa escolha. O que se deve ter em mente é: casamento com Trompetes Triunfais se torna grandioso e exige músicas de presença.



4. Quais combinações de instrumentos mais usuais?
A combinação mais simples e certeira é violino e teclado, depois desta base, pode-se ir acrescentando por exemplo: trompete (clarim) - voz - violoncelo - flauta (não necessariamente nesta ordem). 



5. Como faço para escolher as músicas?
A música é uma questão muito pessoal por isso, deve-se começar a ouvir não somente escutar. O ideal é que se for só instrumental a música tenha melodia porque quando não há variação melódica pode soar cansativa. Já com voz(es), esta regra fica mais livre. Não se pode esquecer que, dependendo do local, algumas músicas não são aceitas. Geralmente (não é regra) existe uma música para cada entrada ou momento: pais, padrinhos, noivo, crianças, noiva, alianças, assinatura e saída. Lembrando que não é interessante colocar música de amor para pais, padrinhos e crianças. (Veja sugestões no menu MÚSICAS)



6. Meu casamento é evangélico e gostaria de músicas da minha congregação.
Não há problema nenhum nisso. Porém, lembre-se de escolher os temas afins - música de declaração de amor para a entrada da bíblia soa estranho.



7. No meu casamento, gostaria de cantar/tocar algo para o meu (minha) noivo(a).
Acredito que estas declarações são muito bonitas e emocionantes para ambas as partes como também para os convidados. É necessário ter nervos de aço para não chorar ou provocar choro (pode estragar a maquilagem). No mais, é só ensaiar bem e avisar previamente ao cerimonial.



8. Eu preciso de cerimonial? Estava querendo que minha tia cuidasse do meu casamento.
Por mais que a pessoa se ponha à disposição dos noivos, é muito inconveniente colocar um parente trabalhando em um dia de festa. Mesmo porque nem todos têm o conhecimento necessário para aparar o casamento. Existem vários tipos de cerimonial: aqueles que cuidam de tudo (roupas, decoração, recepção) e outros que desenvolvem um trabalho somente na igreja, dando suporte aos familiares e aos noivos, observando possíveis erros (como véu torto ou enfeite caído por exemplo). O cerimonial para os músicos serve como apoio para que as músicas comecem e terminem na hora exata. A escolha vai de acordo com a necessidade.



9. Qual a necessidade de sonorização?
É claro que um som de qualidade faz diferença em qualquer cerimônia ou evento. Geralmente é aconselhável para um local onde haja mais de 50 convidados. A sonorização vai valorizar o som de seu casamento, equalizando cada instrumento individualmente para que o volume fique adequado a todos os ouvintes.

© O melhor da música ao vivo para o seu evento. (61) 9 8406-0852 (Claro)  / 9 9638-1810 (Claro)

<a href="https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/fita">Fita vetor criado por starline - br.freepik.com</a>

  • w-facebook
  • w-youtube
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now